segunda-feira, 24 de fevereiro de 2014

As companhias aéreas "low cost" na Europa

Uma das maneiras de viajar barato pela Europa são as companhias aéreas conhecidas como "low cost", ou seja, baixo custo.

O modelo do negócio é simples: eles irão te oferecer um assento para viajar entre uma cidade a outras, muitas vezes com tarifas que não passam de 30 euros. Mas irão te cobrar por todo o resto:
  • mala despachada
  • marcação de assentos
  • embarque preferencial
  • seguro de viagem
  • impressão do seu bilhete de embarque
  • e água. Sim, até mesmo a água.
Não tem nem um amendoizinho ofertado durante a maioria desses vôos. Então se prepare para lidar com isso, levando comida, enchendo sua garrafa de água no banheiro depois do desembarque, ou pagando pelo serviço.

Em geral, essas linhas também não operam em grandes aeroportos. Sobretudo a RyanAir. Então é também importante contar com os gastos que você terá entre o aeroporto até a cidade, e vice-versa.

Mas isso de operar em pequenas cidades também pode ser uma grande vantagem, caso você queira sair do circuito turístico das grandes cidades.

Muitas vezes os preços não tem muita coerência, os vôos deixem de existir em alguns períodos do ano, ou eles simplesmente estão esgotados meses antes e você fica sem entender o porquê.

Sobre as malas de mão, MUITO IMPORTANTE: confira as dimensões da sua bagagem. Já vi cenas humilhantes de pessoas tentando fazer a mala entrar no medidor, e se não entrar, não embarca. Então, ou viaje pequeno, ou paga para despachar sua mala grande.



Deixo aqui uma lista das companhias para você procurar suas passagens. Altere a configuração de idioma e moeda conforme suas necessidades.

----
RyanAir
Começamos com ela, porque ela é clássica. O sofrimento de qualquer viajante, que chegava com a bolsa + mala pra embarcar, e tinha que fazer desaparecer a bolsa a qualquer custo.
Até esse ano, a "bolsa" feminina não podia embarcar. Esse ano, esses liberaram uma bolsa pequena mais a bagagem de mão. E isso é uma grande vantagem, se comparada à EasyJet.
A RyanAir liga desde grandes cidades, até do nada a lugar nenhum, o que pode ser uma grande vantagem dependendo do seu roteiro. E antecedência é tudo.

Sobre o vôo para/de Paris, o aeroporto é em Beauvais, a quase 100 km de Paris. Custa mais uns 16 euros para chegar na cidade do aeroporto, fora o tempo de deslocamento.

EasyJet
Serviço similar ao da RyanAir.
Tem a vantagem de ter um mapa das rotas que opera, facilitando a escolha de destinos.
Oferece a tarifa flex, que além do embarque prioritário, inclui também uma bagagem de 20 kg despachada.
Porém, só permite um item como bagagem de mão.
Malas de 50x40x20 tem garantia de voar como mala de mão. As de 55x45x30 podem ter que ser despachadas.

Vueling
Sediada em Barcelona (de onde operam a maioria das rotas), oferece algumas alternativas também.

WizzAir
Não conhecia, mas tem rotas e aeroportos que as outras não operam.

Flybe
Empresa Low Cost no Reino Unido.

Aer Lingus
Companhia aérea irlandesa.

SmartWing
Empresa Tcheca, voando para diversas cidades.

Hop
Empresa francesa que tem aumentado o número de vôos. Opera, por exemplo, em Clermont-Ferrand, onde quase não há vôos.

FlyNikki
Não é tão low cost assim, mas opera alguns trechos que ninguém mais opera.




E vamos atualizando aos poucos essa lista.

Nenhum comentário:

Postar um comentário